Saiu o resultado!

 

O Fórum Faz Cultura (FFC) é uma das 7 (sete) representantes da Sociedade Civil, e a única entidade com foco Cultural, habilitada no processo seletivo para vaga no Grupo de Trabalho Temático de Assessoramento, da Comissão Executiva do Comitê Interministerial Governo Aberto (OGP). Dessa forma, o FFC atuará neste GT para realizar o monitoramento do 4º Plano de Ação Nacional e a elaboração do 5º Plano de Ação Nacional, a ser implementado no país.

 

Lançada em 2011, a Open Government Partnership (OGP) é uma iniciativa internacional que difunde e incentiva, globalmente, práticas governamentais relacionadas à transparência dos governos, ao acesso à informação pública e à participação social. Atuando horizontalmente, sem níveis hierárquicos, as organizações que integram o Grupo de trabalho (GT) se articulam para realização de um trabalho colaborativo e para a tomada de decisões de forma coletiva. No Brasil, o grupo é coordenado pela Corregedoria Geral da União (CGU), órgão responsável pela implementação dessas políticas de governo aberto. 

 

Esta habilitação obtida pelo FFC, após minuciosa análise coordenada pelo Ministério da Transparência e a CGU, é de suma importância para o setor cultural e, de forma especial, para o nosso fórum e seus propósitos. A habilitação reforça, legitima, sedimenta e reconhece publicamente, o compromisso e a luta do Fórum Faz Cultura pela melhoria dos serviços e da integridade pública, por uma gestão mais efetiva dos recursos público, da criação de comunidades mais seguras, do aumento da responsabilidade corporativa e na defesa da transparência - um dos nossos principais objetivos. Ainda, nos fortalece, por oferecer uma vital oportunidade para que uma instituição, com viés cultural, contribua para a melhoria da transparência em processos, sistemas e editais do nosso setor. 

 

Como sabemos, hoje, o setor cultural é alvo de severas críticas e se faz mister que uma entidade que conheça e compreenda intimamente os seus meandros possa, finalmente, ocupar uma vaga no grupo de trabalho de Assessoramento da Comissão Executiva do Comitê Interministerial Governo Aberto (OGP), somando esforços, orientando e elucidando as ações necessárias para que se atinja os objetivos deste comité com mais assertividade nas questões relativas à cultura.

 

Assim, o Comite Nacional do Fórum Faz Cultura registra um profundo reconhecimento e agradecimento a todos que, direta ou indiretamente, contribuem para o desenvolvimento do nosso trabalho, oportunizando alcançar essa importante habilitação, garantindo o protagonismo na defesa da transparência, da busca por excelência de gestão, e da garantia dos direitos culturais dos cidadãos em âmbito nacional e internacional.


Flavia Faria Lima 
Representante Institucional do Fórum Faz Cultura